A internet é a onda da comunicação


A Internet é o caminho para o encontro de muitos em pouco tempo: um recurso pertinente de comunicação que desafia o equilíbrio das relações humanas

A Internet ocupa o primeiro lugar no conjunto dos recursos tecnológicos da comunicação social, em razão da sua capacidade de distribuir a força da informação por todo o domínio da atividade humana. Trata-se, sem dúvida, de um meio necessário à organização e à dinamização da comunidade humana nas dimensões social, política, econômica, tecnológica e comunicativa.

Hoje, pode-se dizer que é impossível pensar o mundo da comunicação sem considerar a rede ou a possibilidade do uso da Internet como veículo indispensável à rapidez da informação. Aquilo que outrora consistia um privilégio de alguns no campo da comunicação e da informação, hoje, vencendo a distancia e superando as barreiras das oligarquias centralizadas, está ao alcance da maioria da população em todo o mundo, graças à Internet e ao recurso da comunicação em rede.

Esse mecanismo vem contribuindo de forma sistemática e significativa na formação de opinião e na descentralização do poder de decisão sobre temas referentes às questões ligadas ao destino e bem-estar dos povos. De fato, o uso da rede possibilita a comunicação de muitos com muitos, num momento escolhido, em escala global. Não ter acesso à rede significa estar fora das oportunidades de acesso aos meios necessários à integração e bem-estar social, ou seja, é sofrer uma das formas mais danosas de exclusão em nossa economia e em nossa cultura. Trata-se, com certeza, de um recurso necessário ao desenvolvimento social e à integração da comunidade internacional.

Além disso, é importante considerar os efeitos da Internet sobre as vidas humanas. O uso desse veículo de comunicação tem contribuído significativamente na troca de informação, encontros de povos e difusão de culturas, bem como no surgimento de um novo padrão de comportamento nas relações sociais e tecnológicas. Infelizmente, nem sempre esses efeitos incidem de maneira positiva no campo das relações interpessoais. Observa-se que a elasticidade da Internet a torna suscetível a intensificar as tendências contraditórias presentes em nosso mundo.

Muitos se servem da rede para trocar idéias, encontrar amigos, fazer negócios, socializar conhecimentos. Outros, no entanto, aproveitam desse recurso para práticas criminosas, enraizadas num contexto de injustiça social, corrupção política, economia da droga e guerra civil. Outros, ainda, mergulham na rede e passam horas a fio conectados com pessoas de outros continentes, jamais vistas ou conhecidas, trocam idéias, informações, criam fórum de discussão virtual, mas vivem isolados e sem comunicação visceral com aqueles com quem partilham o mesmo teto. Isso demonstra que além de conceber a rede como a mensagem e o tecido de nossas vidas, é necessário que haja um grande investimento na formação humana da sociedade, em vista da resignificação da comunicação e das relações sociais.

PARA PENSAR:

Além da possibilidade de acesso à rede, o que fazer para que a Internet exerça um papel sócio-transformador da comunidade humana? Que ambiguidades você percebe na WWW?

SUGESTÃO DE FILME RELACIONADO AO TEMA:

Depois das Nove Gênero: Ficção Subgênero: Drama Diretor: Allan Ribeiro Elenco: Rafael Primo, Selma Lopes Duração: 15 min Ano: 2008 Formato: 35mm País: Brasil Local de Produção: RJ Cor: Colorido Sinopse: Rafael vive com sua avó em um apartamento em Copacabana. Depois de alguns incidentes, ele percebe de forma diferente o mundo a sua volta.

SUGESTÕES BIBLIOGRÁFICAS PARA A BOA LEITURA BOFF, Leonardo. Virtudes para um outro mundo possível, vol. I: hospitalidade direitos e deveres de todos. Petrópolis: Vozes, 2005. CASTELLS, Manuel. A Galáxia da Internet. Reflexões sobre a Internet, os negócios e a sociedade. Rio de Janeiro: ZAHAR, 2003, 243p. GAARDER, Jostein. Ei!Tem alguém ai? São Paulo: Companhia das Letras, 2004. JOHNSON, Spencer. O presente precioso. 24ª ed. São Paulo: Record, 2003. _________. Quem mexeu no meu queijo? 32ª ed. São Paulo: Record, 2002 PONTIFÍCIO CONSELHO PARA AS COMUNICAÇÕES SOCIAIS. Ética na Internet. São Paulo, Paulinas, 2002. (Col. Documentos da Igreja 7) Pe. Nivaldo Feliciano Silva, CS, missionário scalabriniano, professor de teologia sistemática no ITESP(SP), e atualmente pároco da Paróquia São José de Ribeirão Pires, SP.

Em Breve
Em Breve